quinta-feira, 6 de junho de 2013

Arvores Frutíferas Cupuaçu

 Arvores de Cupuaçu
foto:http://www.todafruta.com.br/portal/icNoticiaAberta.asp?idNoticia=18928
Reino 
Plantae
Filo/Divisão Magnoliophyta
Classe Magnoliopsida
Ordem Malvales
Família Malvaceae
Gênero Theobroma
Espécie Theobroma grandiflorum
O cupuaçuzeiro, Theobroma grandiflorum, é uma planta pertencente ao mesmo Gênero que o cacau (Theobroma cacao). Por tal motivo, ambas são bem parecidas, inclusive seu fruto: alongado, grande, pesado e de casca dura; contendo uma polpa branca e carnuda, envolvendo suas sementes, de tamanho grande.
T. grandiflorum é nativa da região amazônica, encontrada com frequência nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. De porte pequeno a médio, podendo atingir os vinte metros de altura, é bem-adaptada à sombra, podendo ser cultivada juntamente com outras plantas, de porte maior.
Sua polpa é amplamente utilizada na fabricação de sucos, geleias, cremes, sorvetes, biscoitos, compotas e até mesmo licores. As sementes são também aproveitadas para a retirada de sua manteiga, utilizada na culinária, para a fabricação do cupulate; ou para a fabricação de pomadas, batons, cremes e xampus.
Em virtude da presença de pectina, o cupuaçu auxilia na redução da glicemia e do mau colesterol, ajudando também no emagrecimento em razão de tais fatores (e porque reduz a saciedade). Graças a substâncias antioxidantes que possui, o extrato de sua semente pode ser capaz de inibir ou diminuir a progressão de cáries.

Curiosidade:
O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou, em 19 de maio de 2008, a Lei n.º 11.675, reconhecendo o cupuaçu como um fruto legitimamente brasileiro. Tal medida foi de grande valia, uma vez que o cupuaçu havia sido patenteado por uma empresa japonesa, no ano 2000, bloqueando oportunidades de comercialização do cupuaçu no exterior, por empresas brasileiras. Felizmente, tal registro foi cassado, em 2005.
Fonte:http://www.brasilescola.com/frutas/cupuacu.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário